Uma goteira, vários sentimentos

Entre a minha casa e a casa do vizinho de trás, que é meu tio, tem uma calha no meio do caminho. A calha fica no fim do telhado dele e bem perto da janela do quarto dele. Coincidentemente, perto da janela do meu quarto também.

Por algum motivo, sempre, após uma chuva, formava uma goteira na beirada da calha. A noite, quando queria dormir, aquela goteira insuportável fazia POC POC POC. Aquilo me irritava em um nível absurdo. Não conseguia relaxar a espera da próxima gota cair.

Após uns dias, já desesperada, eu pedi para o meu pai ver se conseguia dar um jeito naquela goteira, se fosse preciso eu mesma arrumava. No fim, meu pai consertou a bendita e foi o maior alívio da vida.

No dia seguinte vem meu tio brincando comigo “A goteira ‘tava’ te irritando Lela?”, respondi “Nossa, eu não aguentava mais” e intrigada perguntei “Ficava tão perto da sua janela, tio. Não te incomodava?” e então ele me diz dando risada “Incomodar? Eu adorava, achava aquele POC POC tão relaxante”. Eu não me aguentei e desabei a rir. Eu quase dando a luz no meu quarto e ele achando relaxante no dele. Esse meu tio é mesmo engraçado, viu?!

É aquela coisa de que não existe o óbvio, existe o que você está acostumado. Uma situação pode ser vista de milhares de pontos de vista distintos. Acho incrível como podemos ser tão diferentes e acho importante que sejamos. Realmente tem gosto para tudo nessa vida.

Às vezes é preciso reavaliar nossas reações ao encarar certos empecilhos que a vida coloca no nosso caminho. Com certeza o jeito do meu tio foi melhor que o meu. Não estou dizendo que a gente devia passar a adorar goteiras rs. Mas sempre existe um jeito melhor de reagir aos problemas do que com a irritação e a impaciência. Essas, além de não resolver o problema, ainda te trazem malefícios para o corpo e a alma. Procure maneiras mais serenas de levar a vida e de enfrentar o que te incomoda, você só tem a ganhar! 🙂

Leia também

20 comentários sobre “Uma goteira, vários sentimentos

  1. Moro em um edifício complicado. Aqui, já se irritaram e pediram para destruir ninhos de pássaros para que seus cantos não despertem moradores mais cedo ou então pôr abaixo as árvores cujas flores e folhas caem em cada estação. Lembro de ter dito em uma Assembleia de que para eles o que é charme na Europa aqui é sujeira. Não preciso dizer que até hoje tem gente que não fala comigo. Conviver com esses acidentes cotidianos são pequenos desafios que de repente ganham outro sentido a partir do que outras pessoas pensam e sentem. Mas, sabe, acho que o som de uma goteira até que possa dar em uma bela canção. Beijo, querida Gabriela. Tenha sol em teu dia.❤️💕☮️

    Curtido por 1 pessoa

  2. Às vezes nossa percepção depende do que estamos vivendo no momento também. Por exemplo, quem tem um dia super estressado pode perceber mais ainda o barulho da goteira e se irritar. Quem está mais zen pode nem perceber que tem uma goteira. como você disse: cada um tem um gosto. Adorei! Beijoss

    Curtido por 2 pessoas

    • Verdade, Nic. Faz total sentido isso e eu não tinha parado para me analisar, agora que você falou eu realmente não estava em uma boa fase quando isso aconteceu.
      Ainda bem que já passou!
      Obrigada, beijos 💋❤️

      Curtido por 3 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s