Não se esqueça da criança que você foi

Há um tempo atrás eu sonhei comigo. Frase estranha, eu sei, o sonho também foi estranho. Não sei bem o que significou, mas confesso que depois desse dia comecei a gostar mais de mim.

Eu sonhei que eu estava em uma subida (aleatória) e quando chegava lá em cima eu encontrava comigo mesma, mas uma versão antiga de mim. Tão antiga que estava usando o uniforme da escola que eu estudava (Mater Amabilis – ai que saudade ). Quando nos vimos ficamos confusas, porém felizes, muito felizes. Abrimos um belo sorriso e nos abraçamos. Eu sei que estou parecendo louca falando desse jeito, mas eu realmente sonhei isso e eu não consigo explicar qual foi a sensação de estar me abraçando. Eu senti muita coisa, mas a principal foi felicidade. Nossa, tinha tanta coisa que eu queria falar para a minha versão mais nova, mas a única coisa que eu consegui falar foi que eu a amava, ela me disse algumas coisas também, mas eu já não me lembro mais. Lembro que choramos e nos abraçamos de novo.

Eu acordei bem confusa e os sentimentos ainda todos embaralhados. Já faz um tempo que sonhei isso, nunca consegui esquecer a sensação. Já tive muitos sonhos loucos (sério, já sonhei que tinha sido pega por uma máfia japonesa 🤷🏼‍♀️😂), mas nunca tinha sonhado assim e nunca mais sonhei de novo. Foi muito diferente e realmente gostaria de um dia sonhar algo parecido, porque foi incrível. Talvez isso não signifique absolutamente nada rs. Eu acredito que eu estava precisando relembrar um pouco de como a Gabriela de 12/13 anos via o mundo, cheia de inocências e desejos e sonhar foi o jeito do meu subconsciente resolver o problema. Sempre quando me encontro em situações difíceis eu me lembro desse sonho e tomo minhas atitudes pensando que aquela Gabriela sentiria orgulho de quem ela se tornou quando cresceu.

Eu sei que é meio doido, mas quis compartilhar esse acontecimento pois acho que às vezes a gente esquece que a pessoa mais importante da nossa vida é a gente mesmo. É fácil esquecer disso porque a gente não esbarra consigo mesmo por aí. Eu tive a sorte de ter conseguido isso em sonho, mas acho que não é tão comum, então fica o lembrete: cuide-se sempre, coloque-se em primeiro lugar na sua vida, o maior carinho que você pode receber é aquele que você julga merecer, portanto se valorize, não se esqueça da criança que você foi e batalhe o máximo para ser o motivo de orgulho dela, mude de ideia quantas vezes for necessário, mas nunca perca sua essência

O que estou fazendo – Dezembro 2016 | vida organizada

P.S. Se alguém aí já sonhou algo parecido, comenta que vou gostar de saber 😉

Foto autoral – Eu e minha irmã rumo ao primeiro dia de aula no Colégio Mater Amabilis.

Leia também

29 comentários sobre “Não se esqueça da criança que você foi

  1. Como disse o grande escritor espanhol Calderón de la Barca (1600-1681): “Sonhos são apenas sonhos” e são valorizados como tais, apenas sonhos. Mas eles também nos deixam conotações relacionadas à realidade. E o que você diz é verdade, não devemos esquecer nossa infância, porque dentro de nós existe uma grande força da qual devemos aproveitar; Devemos acreditar em nós mesmos e enfrentar os desafios que enfrentamos com essa crença e predisposição. Se uma pessoa sabe quanto vale e até onde pode chegar, não há necessidade de se preocupar com o que as outras pessoas pensam.
    É refrescante lê-lo. você desperta o interesse de nos conhecer dentro de nosso ser.
    Bom fim de semana para você
    Manuel

    Curtido por 2 pessoas

  2. Sempre acontece comigo, mas eu não me vejo em duas versões, normalmente eu sou criança vivendo na minha casa, com amigos e no meu bairro da infância. É bem nostálgico, e normalmente dá vontade de ver algum desenho ou filme de sessão da tarde que eu via na época!

    Curtido por 2 pessoas

  3. confesso que já sonhei com minha infância, eu pequeno, mas nunca o adulto encontrar o menino de tanto tempo atrás. e não sei como interpretar o significado, porém, os meus sonhos sempre entendi como sendo algo assim: não esqueça os teus sonhos. agora, não lembro do que sonho, apenas algo mudou e no plano consciente: com o diagnóstico do câncer em fins de 2018, o desejo de viajar no tempo, em geral à época de Cristo, do Império Romano, foi substituída por voltar a encontrar, na minha infância, os meus pais e meu irmão, que já partiram, e minha irmã. teu sonho tem muito sentido e significado e muito bonito e sensível. muito obrigado, Gabriela. um abraço tranquilo e continue se cuidando, por favor.

    Curtido por 2 pessoas

    • Acredito que nesses momentos de maior dificuldade o nosso subconsciente nos leva para o que nos é familiar, no que nos dá o aconchego de nos sentir em casa e diria que até mesmo nos faz enxergar as coisas sob uma ótica diferente.
      Eu que o agradeço, Fernando!
      Que a vida lhe proporcione muita saúde!
      Abraço e se cuide também 😉

      Curtir

      • Nem me fale em quarentena. Eu moro na Itália e aqui a coisa foi muito complicada. O estresse foi muito, talvez por ser o primeiro país a “receber” o vírus. Mas, acho que tudo na vida é aprendizado (ou pelo menos, tento fazer ser). Aprendi uma coisa que tenho pouco: paciência. Li mais, escrevi mais, relembrei mais, enfim, a gente vive reclamando de falta de tempo e quando temos tempo de sobra, bate o estresse. Não sou muito nostálgica não, pelo menos para as coisas ruins. Mas para coisas boas, como minha infância, sempre terá um tempinho ❤️

        Curtido por 1 pessoa

      • As coisas estão acalmando por aí? Aqui no Brasil sinto que, infelizmente, ainda vai demorar um pouco para tudo começar a acalmar :/
        E sobre o estresse, sinto exatamente o mesmo. Ano passado foi um ano muito problemático para mim em vários sentidos e eu reclamava muito sobre a falta de tempo e agora todo esse tempo livre me deixou perdida. Mas como você disse, também tento aprender com isso, inclusive uma das consequências foi o início deste Blog, que sempre tive vontade de fazer, mas sempre deixava para depois. E olha, valeu a pena, estou amando conhecer a galera por aqui 😉

        Curtido por 1 pessoa

      • Sim, estão acalmando. Mas é obrigatório o uso da máscara e manter o distanciamento, até termos mais segurança. O problema no Brasil é mais político que qualquer coisa.
        _
        Eu tenho o blog a um tempo, mas sempre tinha preguiça de escrever, agora estou mais presente.🤩

        Curtido por 1 pessoa

      • Ah obrigada. Eu gosto muito do seu tbm. A gente acaba fazendo amigos por aqui, mesmo sem conhecer pessoalmente. Eu gosto de escrever sobre tudo. Desde Arquitetura, que é minha formação, até receita de brigadeiro 😂😂😂

        Curtido por 1 pessoa

      • Obrigada!!
        Exato, acho que por isso que gostei tanto. Eu imaginava escrever para expor as minhas ideias e relaxar um pouco, não imaginei que teria esse contato com as pessoas. Achei incrível 😉

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s